Síntese da reunião do CME (10 de novembro de 2014)


A reunião realizada na Casa da Presidência teve como principal tema o Projeto Gaia Aprende +.
No entanto, ainda antes deste ponto foram vistas outras questões:

- reflexão sobre a Assembleia Municipal temática  - Educação, ocorrida no dia 23 de outubro. Valorizar a opção da Assembleia, quer pela descentralização (a reunião realizou-se fora do espaço formal da própria Assembleia), quer pelo tema escolhido;
- a carta educativa e o Projeto Educativo Municipal foram também referidos na discussão, tendo a Senhora Vereadora dado nota do trabalho que está a ser desenvolvido para elaborar o PEM e para atualizar a Carta Educativa;
- sobre a homenagem aos Docentes aposentados, os Conselheiros valorizaram a iniciativa da autarquia, sugerindo que numa próxima oportunidade a "escolha" dos homenageados não fique apenas ao critério dos Diretores das Escolas;
- foi escolhido o representanto do CME na comissão de acompanhamento do contrato de autonomia do Agrupamento D. Pedro I (Canidelo);

A Municipalização foi um dos temas que mereceu mais atenção dos presentes, tendo a autarquia, pela voz da Senhora Vereadora deixado bem claro que o Concelho de Vila Nova de Gaia não está envolvido no processo que algumas autarquias estão a desenvolver.
Haverá, em breve, uma reunião temática do CME sobre a Municipalização.

No que diz respeito ao Projeto Gaia Aprende +, foram colocadas em cima da mesa algumas questões práticas que poderão contribuir para melhorar o projeto, que se reconheceu singular e com grande potencial.
Há diferenças no terreno que se justificam de variadas formas, até pela natureza do sector: Educação Pré-escolar ou 1ºciclo.
A maior ou menor presença das famílias no acompanhamento de retaguarda dos alunos também condiciona de algum modo o projeto. Os professores titulares de turma fizeram-nos chegar algumas questões relacionadas com a necessidade de definir de forma clara quais são as funções de cada um dos agentes envolvidos no processo, bem como a exigência de recursos materiais que permitam melhor o trabalho desenvolvido.
O facto do projeto ter hoje um número maior de crianças envolvidas, quando o comparamos com o ano passado, é um indicador de aceitação do projeto que terá ainda maior abrangência se tudo se iniciar mais cedo, nomeadamente durante as matrículas para o próximo ano letivo.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Gaia Aprende +

Resultados da Eleição para o Conselho Municipal de Educação de Vila Nova de Gaia

Cartão Municipal do Professor